sexta-feira, 20 de julho de 2012

Número Quarenta e Quatro e Número Quarenta e Cinco

Então, hoje saí com dois caras, um antes, outro depois, nada de menage. Deixa eu começar do primeiro, cheguei em casa, num frio terrível e entrei no bate-papo, encotrei um nick que me chamou muito minha atenção, guarda noturno, uma fantasia que sempre tive. Combinamos pelo batepapo mesmo, blind date, sexo sem frescura, sem nome, quanto ganha, quem cada um é, completamente anônimos.

Cheguei no local combinado, o cara saiu e me chamou, entrei com ele, o cara era gostoso, perfeito para uma fantasia, aquele coturno, calça, uniforme completo, um tesão. Ele foi para uma parte nos fundos apagar todas as luzes, logo que voltou já fui abrindo a calça dele e colocando pra fora. Ele pediu a camisinha, entreguei na hora. Não dava pra ver muito coisa, só sentir. Minha mão estava gelada, sempre acho isso brochante, me ajoelhei e comecei a chupar o pau dele. Uma bela pica, bem grossa e de um tamanho maior que o da maioria, com certeza.

Ele falou que já estava quase gozando e pra eu virar. Tinha uma cadeira bem ali, abaixei a calça, coloquei o joelho na cadeira e empinei a bunda pra ele me fuder. Confesso que não foi fácil, e quase não cheguei a levar o pau dele. Não tinha creme. Foi no cuspe mesmo. Com pouco do pau dele dentro, e sem muito movimento ele me disse que iria gozar. Nesta hora ele meteu. Doeu, mas foi bom também. Pouco depois eu cheguei pra frente, porque não aguentava a dor. Ele já tinha gozado e eu não.

Depois disso ele colocou a roupa e eu fui embora, com o cu ainda babado e um pouco dolorido, mas confesso que foi muito bom. Nota do sexo eu diria que foi 8. Nota da situação toda com certeza foi 10. 

Agora, sobre o segundo, como eu não tinha gozado, cheguei em casa e falei com um cara que tinha ficado na espera, que eu já tinha falado algumas vezes e chegou de viagem hoje. Resolvi encontrar com ele. Já vou direto para a nota, 0. Foi péssimo. O cara não sabia beijar, me lembrou do número 31 por ter o pau parecido, não, não assim, não vejo muita diferença, é que é pra cima, difícil de chupar, sei lá. 

Pois é, e para completar ele também não sabia fuder. Ficamos um bom tempo para ele conseguir meter, e ainda falou que eu sou muito apertado (eu tinha acabado de dar pra um cara com um pau bem grosso, definitivamente eu não estava assim apertado), mas o cara é que não conseguia de forma alguma acertar o buraco. 

Quando ele conseguiu ele até pegou o jeito, mas saiu muitas vezes, só conseguia colocar mais rápido. Foi terrível, uma falha total.  No final falei pra ele bater uma e gozar no meu peito. Foi o que aconteceu. E ainda para piorar ele deu um pulo falando que ia pegar papel para me limpar. Na mesma hora. Terrível.

Depois disso, voltando para casa fiquei pensando, tenho 22 anos, já estou assim, não aguento ninguém, sexo com quase todo mundo é terrível. O que raios vai acontecer comigo quando eu chegar aos 35? Espero estar casado com alguém que fode muito bem! Mas ainda faltam uns anos até lá, vamos vivendo e dando zeros por aí né. E tendo a sorte de encontrar alguns que valem 10, e com sorte tudo vai dar certo.

Nossa, tinha tempo que eu não escrevia tanto né. Algumas vezes alguns aqui disseram que o blog dava tesão, vocês já não pensam mais nisso né? Com tanta foda ruim. Beijos, boa noite.

31 comentários:

  1. 9 meses 45 caras, imagino como vc esta sentindo, n interprete isso errado super apoio vc gostar de sexo assim adoro so n faço igual a vc pq n tenho coragem; e to qse namorando tbm ne. Tenta investir em procurar um namorado, n so sexo pelo sexo qm sabe rola de encontrar alguem. E sexo tem q haver criatividade sempre inovando e tentando ser ainda melhor, curtir suas fantasias. Comprando varias e varias coisas no SEXSHOP, os online são os melhores nem e pela qstao de privacidade é mais pela qtd e variedade de brinquedinhos hehehe. Ai use c o namorado ou c qm estiver afim.
    Abraçao, comentario mais viagem q esse ta dificil heheh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas vc acha que 9 meses e 45 caras sao muitos??? Eu juro que tava achando super pouco.. que to achando (com certeza) que é porque estou gordinho.. Ou porque voltei pro brasil.. acho que se eu tivesse feito este blog no ano que eu estava fora já estaria numa contagem bemmmmmmm maior...

      Excluir
    2. Eu msm se pudesse faria todo dia msm hehehe pelo menos umas 3 vezes cada um diferente, e q c o tempo, p mim, vai ficando ruim sei la
      Ixi so o perigo hein! Ate q n acho mto n, pq se tivesse mais coragem teria passado e mto isso, so c bebida q fico soltinho heheh

      Excluir
  2. Nunca parou para pensar que nota esses caras dariam à você?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esta é velha.. e já foi respondida anonimo!

      Excluir
  3. paus curvados pra cima são sempre assim, difíceis de entrar e incomodos pro passivo, só uma posição fica confortável assim: de 4.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. foxx, o melhor sexo dos ultimos tempos foi com o 31, que tinha o pau assim.. Nao foi nada dificil e nem incomodo. Foi muito bom!!! O problema foi ele mesmo.

      Excluir
    2. E confesso que não sou o maior fã de dar de 4. Dor demais!!!

      Excluir
  4. Oi Otávio, tudo bem?
    Menino, bem agitada a vida sexual heim? rsrsrs
    Bjo menino

    ResponderExcluir
  5. a maioria dos caras que fiquei tinham o pau assim pra cima, e nunca tive dificuldades. pelo contrário, foram os q me deram mais prazer, mesmo alguns ativos fracos, qd bem guiados levam a loucura !! e chupar tb não é nada difícil, otávio!!

    ser passivo não é só empinar a bunda e gemer, é mais que isso, ok? se esforce um pouco mais na próxima vez !!

    bjs, CL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok. Com um anônimo que tem entrado aqui no blog ultimamente vocês vão descobrir mais uma coisa sobre mim, odeia criticas negativas e IDIOTAS. Me esforço muito na vida para fazer tudo muito bem e sou obrigado a escutar umas coisas na minha vida. É assim no trabalho, é assim no sexo, nos estudos, em todo lugar e sempre fico irritado e solto os cachorros, até porque ngm me vê fazendo coisas erradas.

      Tinha escrito um comentário explicando um monte de coisas, mas sério, deixa pra lá, pelo menos desta vez. Só digo uma coisa, nunca fui fã de gemer, pelo contrário, odeio, acho fake e coisa de filme pornô. Até pq eu não tenho um pau enorme, ngm tem motivo para gemer quando dá pra mim e eu dou pra pau, não braço ou pernas, e aguento pau no cu, tenho prazes sim, muito, mas não preciso gemer como louco.

      Se esforce mais... este é até um bom conselho, mas não é muito útil. Desta vez me esforcei e foi ruim, em geral prefiro não me esforçar realmente, isso, não me esforço, gosto de ser controlado pelo prazer, fazer sem esforços, com tesão. Entrar num transe e poder ficar horas na cama com o cara e nem perceber é o melhor, sem esforços, sem ficar cansado e sem amolecer o pau.

      Excluir
    2. bem vindo ao mundo real !! a vida é assim, cheia de críticas positivas e negativas, e se vc resolveu abrir um blog habilitando os comentários vai ouvi-las sempre !! se quer que todo mundo passe a mão na sua cabeça, filtre os comentários. caso contrário, aceite o q considera negativo e idiota e rebata com seu ponto de vista, como fez acima !

      eu vejo seu blog faz muito tempo, leio suas aventuras mas não comento primeiro por não ter conta por aqui, e depois pq sei q muitos julgam quem posta como anonimo. só q qd algo é lançado por aqui de maneira sem pensar, como foi nesta contagem, resolvi falar pela primeira vez !

      nao estou julgando seu modo de levar o sexo, ate pq tb sou assim, com a diferença q nao dou notas pros meus ficantes e muito menos faço contagens. nao é meu objetivo virar uma bruna surfistinha ou entrar pro guiness, apenas curtir um bom sexo. so que como disse acima e q acho q vc não entendeu pela maneira q coloquei as palavras, sexo mesmo com um desconhecido depende sim das duas pessoas. um bom fodedor só existe pq tb existe um bom passivo.

      no cara q vc zerou pois ele não sabia foder, e ainda te achou apertado, pode muito bem ter acontecido isso, pois vc não estava no clima. não houve entrega da sua parte então o rabo não abre mesmo. vc pode não ter curtido o cara por ele não ter "pegada", ok, mas ele pode muito bem ter agido assim por não ter te curtido logo de início. e pra não perder a noite ou até mesmo te deixar na mão, tentou e "falhou". o q quero dizer é q não adianta botar só a culpa nele, pois novamente, sexo precisa dos dois envolvidos.

      vc é novinho ainda, tem muita coisa pra aprender. só q exigindo tanto assim dos outros não te leva a lugar algum, só te limita ainda mais. daí pra garotos de programa ou atores pornô é um pulo !

      bjs, CL

      Excluir
    3. Different points of view... I agree to disagree.

      Sobre comentários negativos, com certeza eu sei disso, nem por isso gosto. E no final do dia não vai fazer diferença nenhuma, vou tentar explicar melhor, concordar ou discordar e pronto, não vou fechar o blog, deixar de contar ou dar notas. Você não faz isso porque não quer, já eu, quero.

      Eu acho que já disse exatamente isto antes, se você acompanha já deve ter visto, eu realmente não fico pensando para dar nota, dou pelo prazer que tive e que me lembro na hora. Não fico analisando triceps, biceps ou coisas do tipo, simplesmente o tesão que tive. É pouco provável, mas talvez a outra pessoa escreva alguma coisa igual e também me de uma nota, sim, pode ser zero, o que eu posso fazer? Aqui eu escrevo, eu dou a nota.

      Não quero entrar pro guiness, ou ser uma bruna surfistinha, estou aqui como anônimo, simplesmente para ter um maior controle da minha vida sexual e até ter noção de que sexo não é tudo e me lembrar das coisas, tomar mais cuidado, dividir um pouco do que penso e me divertir.

      Sexo são sim de duas pessoas, já teve transas que eu sei que fui super mal e outras que sei que fui muito bem e foi por mim e não pelo parceiro. Acontece. Aqui eu transei uma vez a nota foi a daquela transa. Pode ser que o cara não tenha ficado afim, é verdade, assim como aconteceu comigo, achei melhor na net que ao vivo, não perdi a noite, mas sinceramente não valeu mais que zero, fazer o que?

      Acho que um parceiro só não faz milagre, por mais que se esforce, já fui mal quando pessoas claramente tentaram e já tentei e não salvei algumas transar, fazer o que? Todas suas transas são boas, jura? Só porque vc se esforça? Bacana. VOCÊ É UM CARA DE SORTE.

      Sobre garotos de programa e atores pornô, se eu tiver com vontade e tiver dinheiro para gastar, não tenho problema nenhum. Isto também é um problema pra você?

      Excluir
    4. olha sobre as notas, pode ser má interpretação minha, mas nao vejo que sejam pra transa e sim pro desempenho da pessoa que vc saiu... se realmente fosse pra transa, ao dar 0 vc automaticamente está dizendo que sua participação tb foi zero, certo? se for nota pro cara q vc saiu (o q eu acho que é), experimenta o seguinte: dê nota pra vc tb, isso é possível, pois vc mesmo disse q já foi super mal e outras vezes super bem. se o blog é seu diario, seu ambiente de controle e informação, esse outro score tb se faz essencial.

      em momento algum eu disse q todas as minhas transas foram perfeitas pq isso é utopia. mas naquelas q considerei ruins eu procurei pensar o q realmente estava errado, e vc pode achar q é mentira minha, mas fiz sim outras tentativas, como forma de confirmação. se realmente o problema não era comigo, eu tinha a cara de pau de fazer o cara se esforçar mais.

      sobre os gp e atores é óbvio q nao tenho nada contra, já contratei e me arrependi. me arrependi pq os 2 q saí achavam q eu era um boneco ou um travesseiro, afinal a maioria deles trabalha como máquina. qd eu falei pra vc q é um pulo, me baseei na sua estatistica de 45 caras em 9 meses como sendo pouco. é tanta seleção q hora ou outra vc cai nos gps.

      bjs, CL

      Excluir
    5. Olha, vou dizer uma coisa: essa coisa de fazer discussão sobre o lance da nota já rendeu o que tinha de render, né? Tudo já foi exaustivamente dito: a nota se refere ao tesão que o Otávio sentiu e só. Isso ele já disse.

      O objetivo do blog dele, ao menos que eu percebi, é a diversão. São raros os momentos em que o Otávio se propõe a refletir sobre qualquer coisa que seja utilizando esse espaço como meio de fazer isso. E isso é uma escolha dele. Não dá pra obrigar ninguém a fazer algo que a pessoa não queira! Quando ele quer refletir, ele reflete também. Mas acho legal deixar ele decidir o que quer fazer e quando e onde fazer.

      Se ele não quer dar uma nota analisando o desempenho do parceiro separadamente do dele é porque ele não quer fazer uma reflexão cartesiana. Pra ele, basta algo que ajude os leitores a entender a sensação que ele teve.

      Quando a gente souber separar mais o que pertence à gente e o que seria ultrapassar um limite, viver em sociedade será bem mais fácil!

      Excluir
  6. Esse blogo tá lembrando o Uomini.Rss

    ResponderExcluir
  7. Otávio, querido. Parece que seu blog tá crescendo, - se olharmos para o aumento do número de comentários... Isso é bom. Então, nada mais natural que você, ao expor sua vida em um lugar público como a internet, esteja sujeito a todo tipo de opinião. Algumas são superficiais e rasteiras, outras, entretanto, são de pessoas que o admiram por tudo isso que você é. Não é favor dizer que você é bastante corajoso, tanto em viver sua sexualidade da forma como vive, quanto em falar dela de forma franca e direta em um blog. Olha, é difícil deixar de torcer pelo seu sucesso, porque você, pela sua honestidade e integridade, é simplesmente um ser humano apaixonante. Coisa rara. Contudo, fica muito nítido em seus posts uma certa angústia; parece que você procura ardentemente por algo que ainda não encontrou. Assim sendo, fica difícil ver um cara tão jovem e inteligente buscando ser feliz e não se sentir tentado a dar algum pitaco. Sou o anônimo que fez o comentário no post 42. Não foi minha intenção que você se sentisse agredido, motivando o comentário do Cara Comum lhe “defendendo”. É evidente que posso estar errado em minhas análises, tanto que no comentário que fiz, coloquei-as de forma a induzí-lo a pensar sobre elas, inclusive usando expressões como “a impressão que dá”, “você não acha”, “pense nisso”. Contudo, devo ressaltar que qualquer leitor mais atento irá notar as coisas que notei e fiz questão de compartilhar, pra suscitar uma discussão; longe de qualquer julgamento moral, que fique bem claro. Meus comentários estão longe de fechar a questão até porque é você quem dará a palavra final sobre suas escolhas, e tem todo direito a isso. Mas falando em escolhas, você escolheu criar um blog e falar da sua vida íntima franqueando seu acesso a um monte de estranhos como eu. Nada mais natural, portanto, no fato de você se deparar com comentários, favoráveis ou não, àquilo que você compartilha. Faz parte do jogo. Nesse sentido, Otávio, dentro do espaço que você abriu, fica contraditório afirmações como essa que fez em resposta ao comentário de outro anônimo, em 22-07-2012, às 4:30: “ Com um anônimo que tem entrado aqui no blog ultimamente vocês vão descobrir mais uma coisa sobre mim, odeia criticas negativas e IDIOTAS.” Em relação às críticas idiotas, ok. Mas já parou pra pensar que alguns dos comentários que você vê como negativos podem estar mostrando coisas que você não esteja querendo ver? Pense nisso. Rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Negativa é porque eu odeio estar errado ou coisas do tipo. Gosto de fazer a coisa certa e do jeito certo. Enfim, por aí vai.

      Agora sobre o idiota, o que mais motivou foi isso: "ser passivo não é só empinar a bunda e gemer, é mais que isso, ok? se esforce um pouco mais na próxima vez !!". Foi mal, mas confesso que este eu nao gostei nenhum pouco e chegou a ofender. Ou dar vontade de rir depois...

      Excluir
    2. "Tinha uma cadeira bem ali, abaixei a calça, coloquei o joelho na cadeira e empinei a bunda pra ele me fuder."

      eu nao te ofendi, vc se ofendeu... gemer ou nao é consequencia...

      bjs, CL

      Excluir
    3. e incrivelmente com ele foi muito bom!

      Excluir
    4. Opa! Como fui citado, vou dar a minha resposta!

      Anônimo, eu não sei se vc teve ou não intenção de ser agressivo/ofensivo com o Otávio e nem é minha intenção querer descobrir isso.

      Acontece que, num lugar público, as falas que aqui ficam registradas poderiam dar a impressão errada quando fossem lidas num futuro fora de contexto. Eu só quis registrar minha opinião de quem acompanhou esse processo de perto e defender o Otávio de qualquer ataque posterior, embasando-o com a minha concordância ao que ele já havia dito.

      Fiquem tranquilos que aqui não tem guerra não, ok?

      Excluir
    5. Cara Comum, pode ter certeza que não tive intenção alguma em ser agressivo. Você é que parece não ter sacado isso, tanto que usou o termo defender no seu longo comentário, que por sinal aborda questões de sigilo e estética - mostrando que você não entendeu direito o que leu no meu (comentário) - sugiro uma leitura mais atenta do mesmo. Bem, até onde eu sei, o termo "defender" é utilizado quando se está em risco de, ou ser, efetivamente agredido por outrem; o que não foi o caso. Se não é sua intenção descobrir,se foi ou não minha intenção em ser agressivo, vou deixar por sua conta. Quanto a defender nosso amigo de um ataque posterior, você acha que ele realmente precisa de alguém que o defenda? Com toda essa coragem que ele tem? Em relação à guerra, a única pessoa que falou nisso aqui foi você - utilizando, inclusive o jargão da área: "defender", "ataque". Abs.

      Excluir
  8. RS! minha primeira vez por aqui e dou de cara com esse texto, rs! o que dizer? excelente, principalmente por se expor dessa maneira, que ao meu olhar não tem problema algum!

    estou te adicionando lá no blogroll e estarei sempre por aqui, daqui em diante õ/

    the-paperboy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. podia ter detalhado mais o do guarda noturno, é um tesao que eu tb tenho... chega babei aqui lendo.

    ResponderExcluir
  10. Olha, acredita em mim: ainda dá tesão ler seu blog! rs

    ResponderExcluir
  11. RiAlto! Com o estresse dos 3.
    (1) O Anônimo não pareceu agressivo, ele só quer dar a opinião dele da forma como é e sabe (longaegrossa). Quanto as notas, foi também, que lembro muito bem, sugestão dos LEITORES. Acho besta colocar nota em si mesmo, e como não sei se o Otávio teria coragem de perguntar a dele para os parceiros... (nemfalomais)
    (2) Otávio, querido. Não te conheço, mas te adoro! (Inda mais que somos do mesmo pequizeiro, rs). Porém, a atitude de "não gostar de negativas" se ainda não fez, ainda o fará sofrer muito em todas as esferas da vida. Mas você só tem 22, né? Alguém ainda irá lhe botar no lugar... (Conhecimentodecausa). PS: a única coisa que me preocupa na quantidade, é a sua saúde... Eu que sou um zero a esquerda peguei Sifilis, socorro para o resto...
    (3) Cara Comum: em briga de passiva não se mete a piroca - hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei o conselho: "em briga de passiva não se mete a piroca" vai ser meu lema! Huahauhauahuahaua

      Excluir
  12. Respondendo:
    1)De fato, não fui agressivo. Também não fui grosso. Desafio você a apontar isso nos meus comentários; em relação às notas, me referi à noção de julgamento inerente às mesmas;
    2)Você não sabe nem se sou gay pra afirmar que sou passivo;
    3)Sugiro uma leitura mais atenta aos comentários que fiz. Lamento toda essa polêmica, mas não dá pra ser mais claro que isso. Abs.

    ResponderExcluir
  13. Caro Anônimo:
    Desculpe, não quis dizer "grosso" com uma carga tão negativa. Quis dizer seco. Ou prefere: sem eufemismo!?
    Sobre o resto, D'boa!

    ResponderExcluir